Por você e para você.

HapinesssA característica que eu mais odeio em mim é a confiança, ou no meu caso a grande falta dela. Sabe quando você está tão de saco cheio de tudo que só queria apertar um botão e sumir pra bem longe? Daria tudo pra isso ser possível agora. Geralmente as pessoas guardam  seus “segredos” só para elas, ás crianças usam um Diário pra isso, outras acham um amigo imaginário a melhor opção.. eu não. Na minha vida posso conhecer vir a conhecer muitas pessoas, considerar ótimos colegas ou bons amigos, mas a palavra  confiança só vem com o tempo, MUITO tempo.

Talvez seja uma barreira que criei com o passar dos anos, já perdi a conta de quantas vezes tive que escutar: “Conversa mais”, “Tem que socializar com as pessoas”, ou  “Você é muito fechada”. Não acho que isso seja um problema de fato, sempre fui assim e nunca me senti pior por isso. Meus amigos de verdade até já se acostumaram com essa minha timidez/desconfiança em relação às pessoas. Só que há algum tempo isso tem começado a me incomodar de algum jeito, não pelas críticas disfarçadas de “conselhos” que recebo, mas pelo sentimento que essa falta de ter alguém em quem confiar vem me causando. Um vazio que não sei explicar tem ocupado meu corpo. E pior de tudo é que não sei como mudar isso, ou fazer que isso não me incomode mais.

Pessoas tímidas estão por todos os lados, tenho certeza que você conhece por o menos uma com essa característica. Ter vergonha de conversar abertamente com alguém é normal, não tem nada de errado. Deus justamente criou pessoas diferentes com personalidades diferentes para ter graça. Na minha vida tive colegas e amigos bem legais que estavam ao meu lado nos melhores momentos dela. Nós temos a mania de chamar de irmão aqueles amigos que conhecemos há muito tempo, porém, eu uso esse termo no sentido literal da palavra.

Sei que é clichê mas tenho vontade de agradecer á Deus todos os dias por ter me dado esse grande presente na minha vida. Paro pra pensar quando não se tem nada pra fazer e percebo o quão difícil e muito pior seria tudo isso se eu não tivesse ela. IRMÃ. Alguns tem o privilégio de ter, outros se sentem sozinhos sem uma. Comum em qualquer família. Para mim nunca foi algo normal e para ser tratado com indiferença. Tenho a sorte de ter duas, uma mais velha e outra com a mesma idade que eu. Já falei aqui que tenho uma irmã gêmea, e é para ela que esse texto foi feito. Falo todo dia o quanto a amo, mas parece que nunca será suficiente e capaz de descrever um sentimento que é mais que amor. Já tentei e nunca vou conseguir transmitir ele para palavras.

Maninha, eu quero te agradecer, é simples, mas é grande ao mesmo ao mesmo tempo. Obrigada, por todas as piadas que me fazem rir de um jeito que eu não consigo com mais ninguém, obrigada pelas maquiagens que fez em mim por motivos de eu não ter ideia de como fazê-las sem você, obrigada por estar ao meu lado quando eu quero alguém para comentar o quanto odeio aquela pessoa, obrigada por aguentar eu falando horas e horas sobre o quanto eu amei aquela postagem do meu blog preferido, obrigada ser vidente e me dar o melhor abraço quando eu mais preciso dele, obrigada por me bater quando eu fico chorando por besteira ou algo extremamente bobo, obrigada por planejar e sonhar comigo quando vamos viajar o mundo inteiro juntas (e não vemos a hora disso acontecer logo), obrigada me dizer que eu ter uns quilinhos a mais não muda nada quem eu sou de verdade, obrigada pelos desenhos que fizemos juntas na parede ou o DIY que vimos outro dia e não deu muito certo, obrigada por ser minha companhia em colégios novos ou só para aquela ida ao shopping quando não aguentamos mais olhar para as paredes, obrigada por ser uma extensão de mim fora do meu corpo e ser a única pessoa que eu preciso para ser feliz.

Isso não é nem 1/3  de todas as coisas pelas quais eu tenho que te agradecer e a cada dia você dá mais 1 motivo pra entrar à essa lista que se fosse medida em tamanho com certeza é infinita. Assim como meu amor por você. Decidi por essa foto no início do post por que ela ilustra exatamente como eu fico por dentro quando estou ao seu lado, ou seja todo o tempo. Também acredito que ela foi enviada do nosso futuro eu em alguma praia na Grécia (acredito não, tenho certeza!). Amanhã nós fazemos “os temidos 15 anos” e um simples texto não bastaria como um parabéns, tenho certeza que se eu ler tudo que eu escrevi acima com 20, 30, 50 ou 70 anos ainda irão ser verdades todos esses obrigadas. Meu maior medo é não poder estar ao seu lado para realizar todos os seus sonhos. Sobre o sentimento de não ter em quem confiar que disse no início tenha certeza que ele já foi embora e se um dia esteve aqui estava se referindo á amigos ou a simples irmãos (que não são o seu caso, definitivamente uma pessoa simples não é o adjetivo que te descreve).

Escrevi exatamente 892 palavras para transmitir somente uma coisa. Obrigada.